Corte em estatais prevê desligamento de 25 mil funcionários

Sete programas de demissão já foram aprovados e outros quatro estão em discussão

Proposta é de economizar R$ 2,3 bilhões ao ano

Por Franceslly Catozzo / Sollicita

Os programas de corte do quadro de funcionários das estatais preveem o desligamento de mais de 25 mil colaboradores ainda este ano. Já foram divulgados sete novos Programas de Demissão Voluntária (PDVs) ou aposentadoria incentivada, com mais cinco sendo discutidos.

A lista das estatais que serão afetadas no futuro pela medida ainda não foi divulgada, entretanto, algumas empresas já possuem PDVs abertos, como é o caso da Infraero, Petrobras, Correios, Serpro e Embrapa. O foco da maioria são os colaboradores próximos da aposentadoria.

Já sou assinante >

Para continuar lendofaça sua assinatura e tenha acesso completo ao conteúdo.

ASSINE AGORA Invista na sua capacitação a partir de R$ 47,90 mês.

Complementos

Estatais federais dispensaram 57 mil empregados desde 2015

> Visualizar

Comentários

Nenhum comentário até o momento