MPF cobra maior combate às fraudes em licitações

Prefeituras receberam documento com diretrizes e precisam escolher se vão participar da ação

Por Franceslly Catozzo / Sollicita

"Reduzir ou, até mesmo, acabar com irregularidades nas licitações públicas, como a manipulação de editais, a falta de transparência, o direcionamento de resultados, o fracionamento indevido, a formação de cartel entre os participantes e muitas outras modalidades de fraudes".

Esse é o objetivo da recomendação que o Ministério Público Federal (MPF) emitiu a vários municípios do Rio Grande do Norte. Em parceria com a procuradoria da República, o documento faz parte de uma mobilização nacional do MPF pela maior transparência e eficiências das licitações.

Já sou assinante >

Para continuar lendofaça sua assinatura e tenha acesso completo ao conteúdo.

ASSINE AGORA Invista na sua capacitação a partir de R$ 47,90 mês.

Complementos

RECOMENDAÇÃO DO MPF Nº 03/2018

> Visualizar

Proposta endurece pena para fraude em obra pública

> Visualizar

Comentários

Nenhum comentário até o momento

Assine AGORA o plano Sollicita Bronze
de R$ 47,90/mês por R$19,90/mês

Utilize o Cupom: SOLLJAN19

Exclusivo para os 100 primeiros!

Eu quero!