De 309 para 20: Planejamento quer menos carreiras federais

Essa é a proposta de reforma administrativa encaminhada pela pasta ao novo governo

Na foto, atual ministro do Planejamento, Esteves Colnago (Agência Brasil)

Por Franceslly Catozzo / Sollicita

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, anunciou hoje que vai recomendar a redução do número de carreiras federais dos atuais 309 para menos de 20. A informação é da Agência Brasil. A proposta de reforma administrativa foi encaminhada pela pasta à equipe de transição do novo governo. Colnago já foi anunciado como secretário geral adjunto da Fazenda no Ministério da Economia.

Confira o que se sabe sobre a proposta de mudança:

Já sou assinante >

Para continuar lendofaça sua assinatura e tenha acesso completo ao conteúdo.

ASSINE AGORA Invista na sua capacitação a partir de R$ 47,90 mês.

Complementos

6 mil servidores migram para previdência complementar

> Visualizar

Comentários

Nenhum comentário até o momento

Assine AGORA o plano Sollicita Bronze
de R$ 47,90/mês por R$19,90/mês

Utilize o Cupom: SOLLJAN19

Exclusivo para os 100 primeiros!

Eu quero!