OAB deve submeter contas à fiscalização do TCU

Para o TCU a OAB é Administração Pública Indireta

Por Aline de Oliveira / Sollicita

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu, por unanimidade, na quarta-feira (7), que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deve submeter suas contas à fiscalização do órgão, assim como ocorre com instituições federais e estaduais e conselhos federais.

A fiscalização deve ocorrer com base nos atos praticados a partir de 2020. No entanto, a auditoria do TCU só vai ocorrer em 2021, para que servidores da ordem possam ser treinados para prestarem contas ao tribunal.

Já sou assinante >

Para continuar lendofaça sua assinatura e tenha acesso completo ao conteúdo.

ASSINE AGORA Invista na sua capacitação a partir de R$ 47,90 mês.

Complementos

Íntegra do voto do TCU

Comentários

Nenhum comentário até o momento

Congresso Brasileiro de Pregoeiros
Faltam apenas
 
 
 
 
dias
horas
minutos
segundos